Projeto Cine Foto Debate

 04/04/2019 - 14:00 até 27/06/2019

Apresentação

O Projeto “Cine Foto Debate”, idealizado e coordenado pela professora do curso de Jornalismo da UFU, Fernanda Torquato, propõe a exibição, e posterior discussão, de filmes, documentários e episódios de séries de TV sobre fotografia e fotojornalismo. Após a exibição, em alguns encontros, fotógrafos e fotojornalistas convidados vão conversar com os participantes sobre o tema do material audiovisual, as áreas que atuam e a profissão de fotógrafo ou fotojornalista.

A seleção dos filmes/documentários/séries foi feita pensando na evolução da aprendizagem dos conteúdos da disciplina de Fotojornalismo, ofertada no primeiro período do curso de Jornalismo da UFU, de forma que os filmes complementam o que foi trabalhado em sala de aula.  Mesmo assim, os materiais audiovisuais podem ser assistidos por alunos de outros períodos ou cursos e demais interessados, sem prejuízo de entendimento.

O projeto será realizado nas tardes de quintas-feiras, de 15 em 15 dias, começa no dia 4 de abril e se encerra no dia 27 de junho de 2019, sempre de 14h às 18h. O evento é aberto ao público e oferece certificado. Os locais de realização dos três primeiros encontros já estão definidos e os outros serão divulgados no decorrer da realização nas mídias sociais do evento.

Programação

04/04

14h

Local: Auditório 5S – Campus Santa Mônica

Filme: O Fotógrafo de Mauthausem

Data de lançamento: 22 de fevereiro de 2019 na Netflix (1h 50min)

Direção: Mar Targarona

Elenco: Mario Casas, Richard van Weyden, Alain Hernández mais

Gêneros Biografia, Drama, Histórico

Nacionalidade: Espanha

Sinopse: Francesc Boix (Mario Casas) é um ex-soldado que lutou na Guerra Civil da Espanha preso no campo de concentração de Mauthausen durante a Segunda Guerra Mundial. Tentando sobreviver, ele se torna o fotógrafo do diretor do campo. Quando ele descobre que o Terceiro Reich perdeu para o exército soviético na batalha de Stalingrado, Boix torna sua missão salvar os registros dos horrores realizados no local.

16h

Local: Auditório 5S – Campus Santa Mônica

Fotógrafo convidado: Henrique Vieira

Henrique Vieira tem 43 anos, é natural de Araguari. Neto e filho de fotógrafos, iniciou sua carreira profissional aos 13 anos de idade auxiliando seu pai em eventos sociais. Em 1994 ingressa na Universidade Federal de Uberlândia, cursando economia. Mas sua grande paixão, além da fotografia, sempre foi a Comunicação Social. Em 1995, deixa a UFU para ingressar na antiga FIT (atual Unitri) onde inicia seus estudos em Comunicação Social com habilitação em Publicidade e Propaganda. Após formar-se em 1998, fez alguns cursos de fotografia publicitária. Como fotógrafo, fez vários cursos na Kodak, Senac São Paulo, Oficina de Photografia no Rio Grande do Sul, entre outros, além de um constante aperfeiçoamento na área da fotografia digital. Em 2005, após finalizar sua pós-graduação em Comunicação e Marketing pela USP, iniciou seus trabalhos como docente no Curso de Comunicação Social da Unipac Araguari. Como fotógrafo, além de vários trabalhos dentro do Brasil, Henrique já fotografou nos USA, Canadá, Inglaterra, Austrália e Bahamas.

 

18/04

14h

Local: Auditório 3Q – Campus Santa Mônica

Filme: Blow-up – Depois daquele beijo

Data de lançamento 24 de fevereiro de 1967 (1h 50min)

Relançamento: 8 de dezembro de 2016 (1h 50min)

Direção: Michelangelo Antonioni

Elenco: Jane Birkin, Tsai Chin, Jimmy Page mais

Gênero: Drama

Nacionalidades: Reino Unido, Itália

Sinopse: Thomas (David Hemmings) é um fotógrafo de moda que não suporta mais o mundo em que vive, no qual jovens mulheres o perseguem para serem fotografadas na esperança de se tornarem grandes modelos. Um dia, ao passar por um parque de Londres, ele vê um casal à distância e resolve fotografá-los. Ao vê-lo Jane (Vanessa Redgrave) corre ao seu encontro, pedindo que lhe entregue os negativos das fotos. Ele se recusa e vai embora, mas ela descobre o endereço de seu estúdio e vai visitá-lo. Lá Jane tenta seduzi-lo e Thomas a engana, entregando outro rolo fotográfico. Ao revelar as fotos, Thomas percebe que pode ter documentado, sem querer, um assassinato.

 

02/05

14h

Local: Auditório 5S – Campus Santa Mônica

Episódio: Vida e Morte – parte 1, da segunda temporada da série Tales by light da Netflix.

Ano de lançamento: 2016

Tempo de Duração: 25 min

Sinopse da temporada: Na segunda temporada desta série documental, quatro destemidos fotógrafos captam imagens maravilhosas que transmitem a beleza e a força da vida na Terra.

Sinopse dos episódios: Após uma carreira registrando os horrores da guerra, o fotógrafo Stephen Dupont busca documentar uma visão mais poética e digna da morte, na Índia.

16h

Local: Auditório 5S – Campus Santa Mônica

Fotojornalista convidado: Beto Oliveira

Fotojornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia, com experiência de fotojornalismo diário no jornal Correio de Uberlândia e coberturas especiais para jornais, revistas e sites do Brasil e do mundo.

Assunto: cobertura fotojornalística do desastre em Brumadinho-MG.

 

16/05

14h

Documentário: Hondros

Ano de lançamento: 2017

Duração: 1h 32min

Gênero: Documentários biográficos

Sinopse: O fotojornalista Chris Hondros sempre arriscou a vida para cobrir conflitos mundiais. Agora, seu melhor amigo investiga as histórias por trás de suas imagens impactantes.

 

30/05

14h

Fotojornalista convidado: Joel Silva

Formado em fotografia pela escola de artes Bauhaus, começou a carreira de fotojornalista no Jornal Folha de S. Paulo em 1994. Foi correspondente da Folha de São Paulo no Oriente Médio, esteve na Guerra da Síria e na revolta da primavera Árabe na Líbia. Seus trabalhos na cobertura da Primavera Árabe foram publicados nos principais jornais do mundo, como “The New York Times”, “Washington Post”, “Le Monde”, “El País”, “The Independent” e nas revistas “Time” e “Life”. Cobriu o massacre que vitimou mais de 800 pessoas no Cairo, a capital do Egito, em um único dia; cobriu o Golpe Militar em Honduras na América Central; fotografou a ocupação do exército no Morro do Alemão, no Rio de Janeiro e esteve em campos de refugiados na África Central e Oriente Médio; Ganhou cinco prêmios de direitos Humanos e escreveu dois livros, o primeiro, "Maluco da BR", sobre uma viagem que fez pelas estradas brasileiras como andarilho e o segundo, "Uma fresta de luz no porão da sociedade", sobre a experiência dele em zonas de conflito.  Cobriu as Copas do Mundo da França, em 1998, da África do Sul em 2010 e do Brasil, em 2014. Recentemente cobriu os últimos dias antes de o ex-presidente Lula se entregar para a polícia federal na sede do sindicato dos metalúrgicos do ABC Paulista, a Expozebu em Uberaba e fez fotos para um artigo exclusivo com a ex-ginasta Lais Souza, que foi publicado no site Americano da ESPN.

 

13/06

14h

Documentário: O Sal da Terra

Data de lançamento: 26 de março de 2015 (1h 50min)

Direção: Wim Wenders, Juliano Ribeiro Salgado

Elenco: Sebastião Salgado, Wim Wenders, Juliano Ribeiro Salgado

Gêneros: Documentário, Biografia

Nacionalidades: Brasil, França

Sinopse: O filme conta um pouco da longa trajetória do renomado fotógrafo brasileiro Sebastião Salgado e apresenta seu ambicioso projeto "Gênesis", expedição que tem como objetivo registrar, a partir de imagens, civilizações e regiões do planeta até então inexploradas.

 

27/06

14h

Episódio Platon: O Fotógrafo - Série da Netflix, Abstract: The Art of Design.

Ano de lançamento: 2017

Tempo de duração: 43 min

Sinopse da série: Conheça os profissionais mais criativos em várias áreas do design e descubra como ele influencia todos os aspectos da nossa vida cotidiana.

Sinopse do episódio: Os retratos de Platon captam as almas de líderes mundiais e pessoas comum. Um ensaio fotográfico com o General Colin Powell nos dá uma visão do seu processo.

16h

Fotógrafa convidada: Cíntia Guimarães

Cíntia Guimarães é graduada em Artes Visuais pela Universidade Federal de Uberlândia, Mestre em Cultura Visual e Doutora em História da Arte pela Universidade Federal de Goiás. Desde 1999 trabalha com fotografia em seus projetos artísticos, criando instalações fotográficas multimídias em diversos espaços públicos e privados.

A verdadeira paixão é o retrato, representação artística, sensual e íntima de uma pessoa; fotografar retratos, afirma ela, dá a oportunidade de trabalhar a autoestima de cada um, de construir histórias com suas fantasias e, finalmente, de buscar um resultado que satisfaça os anseios pessoais.  

 

Inscrições

Custo do evento: 
Evento gratuito
Tipo de evento: 
Natureza do evento: