MUnA abre duas novas exposições de arte

 27/04/2018 - 09:00 hasta 26/05/2018

Presentación

Duas mostras serão abertas nessa sexta-feira, 27 de abril, no MUnA - Museu Universitário de Arte da UFU. “Síntese Sensível”, da artista Anne-Sarah Le Meur e “Diálogos Híbridos: Naturezas e imagens”, coletiva de artistas

Síntese Sensível (Anne-Sarah Le Meur) - A exposição “Síntese Sensível” reúne impressões, vídeos e obras generativas, cujas imagens são calculadas em tempo real. Sendo a cinética das obras generativas, às vezes, extremamente lenta, alguns movimentos e impressões parecem apenas evocados, sugeridos. Os trabalhos mais recentes da artista oferecem um diálogo inesperado, até mesmo provocativo: imagens de síntese relacionadas com fotografias de naturezas mortas. Essas composições revelam o olhar e a poesia de um mundo orgânico comum; a sensação de um tempo frágil, que passa, e que, por vezes, está suspenso... Gerada e definida numericamente, a luz negra interage com as luzes vizinhas formando uma mancha escura vibrante, - uma matéria-substância – que, ao misturar-se sutilmente com as outras luzes, torna-se tátil e sensual. Os movimentos de vai e vem, as oscilações das luzes ou as manchas coloridas percorrem as metamorfoses abstratas e contínuas, de maneira suave e carinhosa, numa sensibilidade que jamais se associaria às tecnologias computacionais. AnneSarah Le Meur é doutora em Artes Plásticas pela Universidade de Paris 8, desde 2000 é professora na Universidade de Paris I Panthéon-Sorbonne, na Escola de Artes.

 

“Diálogos Híbridos: naturezas e imagens” é uma exposição coletiva que traz imagens na arte contemporânea. Compreender e analisar o mundo das imagens é uma ideia que remonta ao pensamento platônico, e que produz uma definição das representações e seus fenômenos. Entre sobras e outros efeitos da luz, reflexos em superfícies aquáticas e em corpos opacos e polidos, projeções e transparências da matéria abre-se um universo de seres. A imagem como representação das propriedades visuais dos objetos e, ao mesmo tempo, também como abstração, símbolo e sistema de signos é, antes de tudo, um meio de construção de significados que opera entre o visível e o inteligível, assumindo diversas dimensões e formatos. A proposta da exposição é uma tentativa de examinar: de que maneira a imagem ainda estimularia o pensamento artístico; que diálogos poderiam ser estabelecidos entre imagens de naturezas diferentes ou entre imagens e suportes semânticos de outras naturezas; ou quais seriam ainda os questionamentos provocados na arte contemporânea pela produção imagética. Participam da mostra: Andressa Boel, Beatriz Rauscher, Douglas de Paula, Luciana Arslan, Márcia Franco, Nikoleta Kerinska, Rafael Carlucci, Ronaldo Macedo, Priscilla Rampin, Tatiana Ferraz.

 

 

 

Programación

Exposições: “Síntese Sensível” da artista Anne-Sarah Le Meur e “Diálogos Híbridos: Naturezas e imagens” coletiva de professores.

Abertura: 27/04/2018, sexta-feira, a partir das 19h -

Visitação: Até 26/05/2018. Horários: Segunda a quinta das 8:30h às 18:30h, sexta das 8:30h às 21:00h e sábado das 10 às 17h

Agendamento de visitas de grupos pelo e-mail educativo@muna.ufu.br

Local: MUnA – Praça Cícero Macedo, 309, bairro Fundinho, Uberlândia, MG – Entrada franca

Suscripciones

Custo do evento: 
Evento gratuito

Ubicación

Local: MUnA – Praça Cícero Macedo, 309, bairro Fundinho, 309 - - Uberlândia -
Tipo de evento: 
Natureza do evento: